Obras

  • cniEm estudo entregue aos presidenciáveis, CNI sugere o fortalecimento dos órgãos que estruturam e executam os projetos de infraestrutura e a adoção de arbitragem para a solução de conflitos em grandes obras
     
    O desenvolvimento da infraestrutura do Brasil tem esbarrado na insegurança jurídica provocada por normas frágeis, excessos de controle e interferência política em obras estratégicas.
  • Marechal DeodoroAs obras, aprovadas pelo IPHAN em agosto após solicitação do município, já estão sendo realizadas na Rua São Pedro e Rua Os 18 do Forte de Copacabana
     
    A Prefeitura de Marechal Deodoro iniciou a pavimentação asfáltica nas ruas do Centro Histórico do município. As obras começaram na última sexta-feira (28/9), após o projeto enviado pela Superintendência de Patrimônio Histórico do Prefeitura ter sido aprovado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN).
  • dklçEstudo da CNI faz diagnóstico dos prejuízos causados pelas interrupções de empreendimentos que receberam investimentos de R$ 10,7 bilhões. Maior parte é da área de saneamento básico
     
    Além de investir pouco em infraestrutura – apenas 2% do Produto Interno Bruto (PIB) –, o Brasil joga no ralo um volume significativo dos recursos aportados no setor, em razão do excesso de obras que são interrompidas antes da entrega. As paralisações consomem recursos sem gerar benefícios para a sociedade e são, em geral, consequência de falhas na forma como o setor público executa seus projetos.  As conclusões são do estudo Grandes obras paradas: como enfrentar o problema, elaborado pela Confederação Nacional da Indústria (CNI). O trabalho integra uma série de 43 documentos sobre temas estratégicos que a CNI entregará aos candidatos à Presidência da República.
  • imagesO Congresso Nacional recebeu nesta quinta-feira (24/5) relatório do Tribunal de Contas da União (TCU) atualizando a lista de obras com indício de irregularidades graves. São 12 empreendimentos financiados, no todo ou em parte, com recursos federais. O envio do relatório ao Congresso é uma exigência da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) em vigor (Lei 13.473/2017).

  • maisengehSaber realizar um gerenciamento de obras eficaz é tarefa imprescindível para cumprir o cronograma e garantir qualidade na entrega do seu trabalho. Diante disso, para que o engenheiro consiga impulsionar o correto desenvolvimento das atividades que ele propôs, faz-se necessário modernizar a sua forma de agir, ou seja, utilizar ferramentas que o ajudem a antever custos, planejar minuciosamente cada etapa, fazer dimensionamentos precisos e comunicar-se com a equipe no momento em que for preciso. Somente desta maneira é possível evitar alterações excessivas e retrabalhos.
  • 3b10c44dc76c17cf0577b80e082aa191 XLInterdição ocorre devido às obras de Esgotamento Sanitário na região
     
    A Secretaria de Estado da Infraestrutura (Seinfra) informa que, a partir das 8h desta segunda-feira (19), o trecho da avenida Antônio Gomes de Barros (antiga Amélia Rosa) com a Travessa Isabelle Gondim Lima, no Bairro da Jatiúca, será interditado para a execução de serviços complementares do Sistema de Esgotamento Sanitário da Bacia da Pajuçara.
     
    De acordo com a secretaria, parte da rede coletora passará por manutenção para recuperação de poço de visita que encontra-se com infiltração. Os desvios seguem pela Avenida Paulo Falcão e ruas Antônia Alves Carvalho Leite e Artgnan Martins Reis, também na Jatiúca. A interdição ocorre até o dia 26 deste mês com o aval da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT).
  •  
    09eddbc4adf4e1cf5985415d95c7b10c XLPara o secretário da Infraestrutura, Fernando Melro, injeção de pessoal irá contribuir com celeridade dos trabalhos
     
    A maior obra de infraestrutura hídrica de Alagoas também registra avanço na geração de emprego e renda para o Estado. A construção do Canal do Sertão, que até sua conclusão contará com 250 km de água, e beneficiará mais de um milhão de pessoas em 42 cidades alagoanas, passa a contar com o aporte de mais de 780 trabalhadores nas frentes de trabalho.
     
    De janeiro até abril deste ano o número de trabalhadores subiu de 400 para 782 empregos diretos para profissionais da construção civil, o que representa um aumento de 95,5%.
  • policioaobrasServeal é responsável pelas obras para garantir melhores estruturas
     
    O Serviço de Engenharia do Estado de Alagoas S/A (Serveal) – tem fiscalizado, periodicamente, as obras executadas pelo Governo do Estado. As mais recentes vistorias foram nas construções dos novos Centros Integrados de Segurança Pública (Cisps) de tipo 2, unidades quem cumprem um papel fundamental da estratégia de combate a criminalidade em Alagoas.
  • cidade pilarRenan Filho assinou ordem de serviço do Pró-Estrada e anunciou a construção de um Cisp do tipo 2 no município
     
    Assinatura da ordem de serviço para execução das obras do Programa Pró-Estrada e do convênio para construção de um Complexo Nutricional, entrega de cestas nutricionais e de um trator, além do anúncio da instalação de um Centro Integrado de Segurança Pública (Cisp). Essa foi a agenda de trabalho cumprida pelo governador Renan Filho no município do Pilar, que celebra 146 anos de emancipação política nesta sexta-feira (16/3). Mais de cinco mil pessoas prestigiaram a solenidade.
     
    "Nesse dia da emancipação política é uma grande satisfação estar aqui para colaborar com o desenvolvimento do Pilar. O Governo do Estado anuncia, hoje, uma série de obras para o município", afirmou Renan Filho.
     
    O governador anunciou que, no começo do próximo mês, inicia-se a construção do Cisp do Pilar, o primeiro do tipo 2 no Estado, cuja estrutura é maior em comparação às unidades do tipo 1. Doze Cisps deste modelo inicial já foram instalados em Alagoas.
  • implosao predioSoluções sustentáveis e novas tecnologias eliminam partículas geradas em obras e reformas, que prejudicam o bem estar do trabalhador, ocupantes e entorno
  • zapimoEm tramitação na Câmara dos Deputados, proposta permite que cidadãos formem grupos em aplicativos para acompanhar execução de obras e prestação de serviços públicos
     
    Está em tramitação, com prioridade, na Câmara dos Deputados o Projeto de Lei 9617/18, que institui a gestão compartilhada para que grupos de cidadãos organizados em aplicativos disponíveis na internet ou na telefonia celular como WhatsApp, acompanhem a execução de obras, prestação de serviços públicos e aquisições de materiais e equipamentos pelo poder público federal, estadual, distrital e municipal.
  • servealÓrgão trabalha na elaboração de laudos de avaliação de áreas que serão adquiridas pelo Estado para a continuidade da obra
     
    As obras de duplicação da rodovia AL-220 entre Maceió e Arapiraca seguem a todo vapor nos dois trechos ainda em construção. Depois da entrega, em junho deste ano, do primeiro trecho, entre os municípios da Barra de São Miguel e São Miguel dos Campos, o Governo de Alagoas, por meio do Serviços de Engenharia do Estado de Alagoas S/A (Serveal), trabalha para acelerar as desaprorpriações des áreas que serão adquiridas para que as obras tenham continuidade.
 logo22
 
Os artigos e matérias assinadas nesta Revista Construção Civil & Mercado Imobiliário
são de responsabilidade dos seus autores.
Av Antônio Gouveia, 1113
Galeria Arte Pajuçara - sala 04
Pajuçara, Maceió
Alagoas CEP 57030-170

Tels: (82) 3185-5277 | 99974-8983
99946-8767 | 99689-44922

Siga-nos em nossas Redes Sociais

Copyright © 2017 Revista Construção Civil & Mercado Imobiliário.
Powered by Web na faixa.